Missão e Política

 

 

Missão e Politica

Objectivos e
  Competências

Composição

História


Imagem da zona de urgências do Hospital de São Bernardo
A administração clínica (do termo inglês “clinical governance”) é a estratégia pela qual o Centro Hospitalar é responsável pela melhoria contínua dos seus serviços e pela salvaguarda de elevados padrões de cuidados, através da criação de um ambiente propício ao florescimento da excelência nos cuidados clínicos.
Esse processo, centrado no doente, integra as seguintes áreas:
- Definição das responsabilidades e liderança na sua implementação;
- Valorização da experiência e envolvimento dos doentes e profissionais na programação dos cuidados;
- Investimento na comunicação estratégica com a definição e divulgação de políticas e procedimentos relevantes para a organização;

- Implementação da Gestão do Risco (levantamento de riscos; relato de incidentes e controlo de infecção) de forma a prevenir e/ou diminuir a ocorrência de acontecimentos adversos para doentes e profissionais;
- Gestão do pessoal e do desempenho, envolvendo o recrutamento (tendo em consideração as necessidades e competências) e o modo de avaliação;
- Investimento na formação e desenvolvimento profissional de forma a assegurar uma actualização contínua do conhecimento requerido para as boas práticas em cada área;
- Promoção da eficácia clínica com a gestão de auditorias clínicas e relevando a importância de alinhar práticas individuais com o que é considerado boa prática (medicina baseada na evidência, estabelecimento de normas de orientação terapêutica, protocolos terapêuticos, etc.);
- Gestão da informação clínica com um investimento na qualidade e organização dos registos clínicos;
- Promoção do trabalho em equipa com a formação de grupos intra-serviço e/ou intra-hospitalares, multidisciplinares, de forma a fomentar a participação e discussão de temas das várias áreas clínicas.